Navigation bar

What’s New?
Uma Carta Aberta aos
Membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias





Mailing a letter. Illustration copyrighted.O artigo abaixo é dirigido, primeiramente, aos nossos amigos filiados a um dos três sistemas de fé seguintes:

  • A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, ou seja, os Mórmons - com mais de 10 milhões de membros em todo o mundo.

  • A Comunidade de Cristo, nome oficial atual da antiga Igreja Reorganizada de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias - com uns 250.000 membros em 50 nações.

  • Ramos de Restauração - qualquer dos vários grupos separados da antiga Igreja Reorganizada de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.



This article is also available in English: An open letter to Latter-day Saints church members English Answer

Várias vezes, em várias conversas com aqueles que dentre vocês afirmam ter sido Joseph Smith Jr. um verdadeiro profeta de Deus que transmitiu uma autêntica mensagem de Deus, eu os tenho ouvido responder com certa maestria a algumas das mais comuns acusações contra o mormonismo, como a de que o Livro de Mórmon e as Doutrinas e Convenções aumentam o cânon das Sagradas Escrituras, violando, portanto Apocalipse 22:18.

Mas eu sempre os vejo esquivar-se, equivocar-se, proteger-se, desviar-se, e, freqüentemente, tentam rodear de todas as maneiras possíveis as palavras inspiradas do Apóstolo Paulo em Gálatas 1:6-9.

Sinceramente, um ancião mórmon, em uma resposta escrita comentando sobre o texto de Gálatas, afirmou: "…por favor, não me bata com isso na cabeça."

Agora isso parece mais que uma simples defesa e chega até mesmo a confirmar, para mim, o fato de que Gálatas 1:6-9 é o texto bíblico mais convincente do mormonismo. Nessa passagem, o Apóstolo Paulo diz,

    "Estou admirado de que tão depressa estejais desertando daquele que vos chamou na graça de Cristo, para outro evangelho, o qual não é outro; senão que há alguns que vos perturbam e querem perverter o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema. Como antes temos dito, assim agora novamente o digo: Se alguém vos pregar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema."

A única tentativa mórmon de resposta a esse texto, que me soou pelo menos um pouco convincente, sugeria que foi a igreja primitiva quem acreditou no falso evangelho, sendo Joseph Smith, portanto, ordenado por Deus para restaurá-la. Mas se a Igreja Primitiva já tivesse irremediavelmente apostatado quando Paulo escreveu aquelas palavras, por que razão ele as escreveu? E por que, diante dessa situação, Deus teria esperado mais de 1.766 anos (de 57 d.C. até 1823 d.C.) para restaurar a Sua Igreja?

Mesmo que esse texto tenha sido concebido, primeiramente, apenas para aplicação local para a igreja na Galácia, o princípio permanece - o verdadeiro Evangelho é uma mensagem de salvação pela graça, não pelas obras - que paira na superfície de outro ensinamento mórmon (Livro de Mormon, 3 Nephi 12:44-45).

Além disso, o sentido desse texto não poderia ser mais óbvio: Paulo inclui até ele próprio entre os que deveriam ser amaldiçoados, caso posteriormente tentasse revisar ou alterar o evangelho de qualquer forma. E ele afirma: "…ou um anjo do céu…". Se o termo anjo (aggelos—mensageiro) não inclui Moroni, cuja imagem se eleva ao topo do Templo de Mórmon na cidade de Salt Lake, em Utah, nos Estados Unidos, até o dia de hoje, então quem poderia incluir?

Você consideraria a possibilidade de que ou Moroni ou seu pai, Mórmon, o historiador nefita e suposto autor das placas de ouro das quais o Livro de Mórmon teria sido traduzido, foram espíritos enganadores ou pelo menos cometeram um erro devido à orientação de um espírito enganador - e que Joseph Smith foi, portanto, no mínimo, vítima de um espírito enganador (I Timóteo 4:1) disfarçado como um anjo de luz (II Coríntios 11:14)?

Releia Gálatas 1:6-9. Se você tiver uma resposta lógica sobre qualquer outra aplicação possível para o mormonismo, diferente daquela apresentada aqui, por favor, escreva-me.

Se, porém, este texto começa a convencê-lo a respeito da frágil base sobre quê o Mormonismo se apóia, por favor, não impeça a convicção, mas a receba como uma voz de Deus que o leva a discernir o espírito da verdade do espírito do erro. E comece a agir de acordo com aquela convicção e discernimento.

PARA LEITURA ADICIONAL

  • Geisler & Rhodes, When Cultists Ask (1997), p. 248.
  • Fritz Ridenour, So What's the Difference? (Regal, 2001), pp. 131ff.
  • Robinson & Blomberg, How Wide the Divide? (InterVarsity, 1997); and a followup book review at www.mrm.org/articles/divide.html

Christian Answers EffectiveEvangelism™ site - Learn how to be more effective in sharing the Gospel Se você é um seguidor de Jesus Cristo e quer dividir a sua fé com os seus amigos mórmons, visite, por favor, a nossa página sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no nosso EffectiveEvangelism.com site. Lá você encontrará mais artigos e informações sobre em que eles têm crido ao longo da história, além de testemunhos de pessoas que deixaram a Igreja dos Santos dos Últimos Dias ou que trabalham com mórmons, recursos recomendados e muito mais. Você também está convidado a enviar-nos as informações que tiver caso você tenha experiência nessa área.

Traduzido por Avelar Guedes Junior
Autor: Daryl E. Witmer do AIIA Institute.
Copyright © 2002, AIIA Institute, Todos os direitos reservados - exceto como notado na página “Usos e Copyright” que granjeia aos usuários da ChristianAnswers.Net direitos generosos de usarem esta página em suas casas, em seu testemunho pessoal, em suas escolas e igrejas.

Visit AIIA Institute's Web site

ChristianAnswers.Net/portuguese
Christian Answers Network
PO Box 1167
Marysville WA 98270-1167 EUA

ChristianAnswers.Net em inglês
Página principalAtalhos
Página principal e Listagens

Index