What’s New?

Uma carta aberta aos Nossos Amigos Católicos Romanos


See this page in: English

Catholic church. Photo copyrighted.

O que diz o Romanismo?

Em novembro de 1544, na comunidade italiana de Trento, no norte do país, a Igreja Católica Romana convocou o seu 19.º Concílio Ecumênico. O Concílio de Trento durou, oficialmente, de dezembro de 1545 a dezembro de 1563. Naquele período, a Igreja intensificou sua crescente afronta ao protestantismo, codificando o dogma católico de modo inédito, em assuntos que compreendiam desde o lugar estratégico dos sacramentos até as doutrinas da transubstanciação, do purgatório, das indulgências, da veneração da Virgem Maria e dos santos, e da eficácia das relíquias. A Tradição foi declarada em pé de igualdade com as Escrituras como fonte de autoridade.

Talvez, o mais significante tenha sido a afirmação da Igreja Católica Romana de que a salvação e a justificação resultam das obras e da fé.

O Cânon 9 do Concílio de Trento afirma categoricamente,

"Se alguém disser que o ímpio é justificado somente pela fé, entendendo que nada mais se exige como cooperação para conseguir a graça da justificação, e que não é necessário por parte alguma que ele se prepare e disponha pela ação da sua vontade - seja excomungado"

O Cânon 14 expressa:

"Se alguém disser que o homem é absolvido dos seus pecados e justificado porque crê indubitavelmente que é absolvido e justificado; ou, que ninguém é verdadeiramente justificado, senão quem crer que é justificado; e que somente com esta fé se efetua a absolvição e a justificação - seja excomungado"

O que diz a Bíblia?

"Porquanto pelas obras da lei nenhum homem será justificado diante dele [de Deus]; pois o que vem pela lei é o pleno conhecimento do pecado."
   —Romanos 3:20

"Concluímos pois que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei."
   —Romanos 3:28

"Não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo."
   —Tito 3:5

Mas o Concílio de Trento se reuniu há muito tempo. Roma não modificou desde então a sua posição?

"A posição de Roma não se alterou? De fato, não. Os documentos do Vaticano II e o Novo Catecismo da Igreja Católica reivindicam a posição teológica do Concílio de Trento, condenando o evangelho da justificação em favor de uma justiça imputada" (Michael Horton, Fundador e Presidente dos Christians United for Reformation [Cristãos Unidos pela Reforma], 1995).

E quanto a Tiago 2:24?

D. James KennedyD. James Kennedy, em “Irreconcilable Differences” (Diferenças Irreconciliáveis), uma discussão em mesa redonda e programa televisivo sobre o catolicismo, Ft. Lauderdale FL, 1995:

"…Tiago [2:24 'Vedes então que é pelas obras que o homem é justificado, e não somente pela fé.'] fala de pessoas que afirmam ser cristãs porém não demonstram a verdade da sua fé pelas obras [boas ações]. Muitas e muitas vezes… as pessoas vão dizer que têm, fé mas que não têm obras; e Tiago afirma que fé de verdade sempre produz obras como resultado… A questão é: 'Alguém pode dizer que tem fé, mas será que essa fé vai justificá-lo?' Se é uma fé 'só de palavras', não, não vai!"

O que disse Martinho Lutero?

Lutero denominou justificação pela fé somente (sola fide) "o assunto sobre o qual a Igreja permanece ou cai."

Há outros Problemas?

Tente reconciliar o texto de I Timóteo 2:5—"Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem"—com a antiga tradição católica de orar a Maria, ilustrada pela seguinte "Oração à Bendita Virgem (Que Jamais Falhou)", como as que são publicadas em muitos jornais locais:

"Ó, belíssima flor do Monte Carmelo, Vinha Frutífera, Esplendor do Céu. Bendita Mãe do Filho de Deus, Imaculada Virgem, assiste-me nesta necessidade. Ó Estrela do Mar, ajuda-me e nisto mostra-me que tu és minha Mãe. Ó, Santa Maria, Mãe de Deus, Rainha do Céu e da Terra, te imploro humildemente, do fundo do meu coração, que me socorras nesta necessidade. Não há quem possa deter o teu poder. Ó mostra-me nisto que tu és minha Mãe. Ó, Maria, concebida sem pecado, ora por nós que recorremos a ti (3 vezes). Obrigado por tua mercê para comigo e para com os meus. Amém. Esta oração deve ser feita por 3 dias. O pedido será concedido. Esta oração deve ser publicada."

Veja Ainda

Para Leitura Adicional

  • R.C. Sproul, Faith Alone (Baker Books, 1995).
  • J. G. McCarthy, The Gospel According to Rome (Harvest House, 1995).
  • Rhodes, Reasoning from the Scriptures with Catholics (Harvest House, 2000).

Christian Answers EffectiveEvangelism™ site - Learn how to be more effective in sharing the Gospel Se você é um seguidor de Jesus Cristo e quer compartilhar a sua fé com amigos da Igreja Católica Romana, visite, por favor, a nossa página sobre Catolicismo Romano na nossa página EffectiveEvangelism.com site. Lá você encontrará mais artigos, além de testemunhos de pessoas que deixaram o Catolicismo Romano, recursos recomendados e muito mais. Você também está convidado a enviar-nos informações se você tem experiência nessa área.

[ Se essas informações têm-lhe sido úteis, considere, por favor, em oração fazer uma doação para ajudar-nos a arcar com os custos de fazer deste serviço de edficação da fé disponível para você e para sua família! Doações são deduzidas de impostos. ]

Traduzido por Avelar Guedes Junior
Autor: Daryl E. Witmer do AIIA Institute.

Copyright © 2002, AIIA Institute, Todos os direitos reservados - exceto como notado na página “Usos e Copyright” que granjeia aos usuários da ChristianAnswers.Net direitos generosos de usarem esta página em suas casas, em seu testemunho pessoal, em suas escolas e igrejas.

Visit AIIA Institute's Web site

ChristianAnswers.Net/portuguese
Christian Answers Network
PO Box 1167
Marysville WA 98270-1167 EUA

Go to index page ChristianAnswers.Net em inglês
Página principalAtalhos
Página principal e Listagens